segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

China inaugura mais longa linha de TAV do mundo

O Ministério da Ferrovias da China anunciou na última sexta-feira (14/12) que irá inaugurar no dia 26 de dezembro a mais longa ferrovia de alta velocidade do mundo. A linha terá 2.298 quilômetros de extensão, 35 estações e ligará as cidades de Pequim e Guangzhou, importante centro portuário.


Segundo o Ministério das Ferrovias, o trem viajará a uma velocidade média de 300 km/h e o percurso entre a capital chinesa e o centro econômico do sul do país será feito em aproximadamente oito horas.

Ainda segundo o ministério, o novo trem de alta velocidade chinês também será capaz de transportar 20 milhões de toneladas de carga.

Piloto Chinês manobra Trem Bala 
       

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Dilma anuncia TAV em Paris



Clique para ampliar
Guilherme Quintella entrega a Presidenta um quepe ferroviário na presença do Chairman da Japan Rail East, Satoshi Seino
A presidente Dilma Rousseff anunciou na manhã desta quarta-feira (12/12) que o edital da primeira fase do projeto do TAV brasileiro será publicado nesta quinta-feira (13/12). O anúncio foi feito durante na abertura da 81ª Assembleia Geral da UIC, em Paris.  Em seu discurso, a presidente justificou a ausência do dirigente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo, que ficou no Brasil cuidando do lançamento do edital.
Durante o evento, Guilherme Quintella, Chairman da UIC (International Union of Railways) na America Latina, fez um discurso parafraseando o ex-presidente Washington Luís, dizendo que “governar é abrir caminhos”. A UIC está completando 90 anos de existência.

A abertura da assembleia da UIC contou com a participação dos ministros da Fazenda, Guido Mantega; das Relações Exteriores, Antonio Patriota; da Defesa, Celso Amorim; do presidente do BNDES, Luciano Coutinho; da presidente da Petrobras, Graça Foster; do presidente da RZD, Vladimir Yakunin, próximo presidente da UIC; membros da UIC e representantes do setor ferroviário mundial.

 

A primeira etapa do projeto do TAV prevê a contratação do consórcio que será responsável pela operação e pela tecnologia da linha de alta velocidade que ligará Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas.

Clique aqui e ouça o discurso da presidente Dilma Rousseff na abertura da 81ª Assembleia Geral da UIC.

Clique aqui e leia na íntegra do discurso de Guilherme Quintella
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR - RF

sábado, 24 de novembro de 2012

Acela - Amtrak



Conheça o Acela da Amtrak, trem com serviço de bordo com muito conforto que atua nos Estados Unidos chegando até 250 km/h ligando as cidades de Washington, Baltimore, Philadelphia, New York, Boston entre outras.

Para todos os passageiros do Acela Express, ótima comida é difícil de encontrar quando você está correndo para pegar o trem. Se é Acela Express você está no caminho certo, você não precisa se contentar com algo apenas "bom o suficiente" ele é muito mais. 


Café Acela


Amtrak ampliou seu menu de Café Acela em parceria com cozinha Panache Creative, Legal Sea Foods, DiGiorno, Dogfish Head e outros provedores de qualidade de alimentos e bebidas, com sanduíches preparados na hora, saladas, sopas e cervejas artesanais. Com a maioria dos itens com preço abaixo de US $ 7 e estará pronto em minutos, você pode saborear a refeição para uma experiência a bordo de bistrô e saborear o sabor único de Café Acela.



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Trem MagLev

Trem movido por levitação magnética, com velocidade espantosa e tecnologia inovadora, transporta com segurança na China.

Tecnologia em crescimento, na UFRJ está sendo desenvolvido um protótipo pelos técnicos brasileiros a intenção é primeiro desenvolver o transporte no campus no Fundão e posteriormente para outras localidades.


Na China a linha funciona de Longyang Road estação de Pudong para Aeroporto Internacional de Pudong.  
 A toda a velocidade, a viagem leva 7 minutos e 20 segundos para completar a distância de 30 km (18,6 milhas), embora alguns trens no início da manhã e final da tarde tomar cerca de 50 segundos a mais. Um comboio pode chegar a 350 km / h (217 mph) em 2 minutos, com a velocidade máxima de operação normal, de 431 km / h (268 mph).


Conheça também o Futuro da Mobilidade em: Transportes Sobre Trilhos


domingo, 16 de setembro de 2012

Empresas confirmaram interesse no TAV


Quatro empresas estrangeiras confirmaram interesse em participar da primeira fase do leilão do trem-bala brasileiro, prevista para 29 de maio do ano que vem.
A japonesa Mitsui, a francesa Alstom, a canadense Bombardier e a espanhola CAF já estão se movimentando para fornecer a tecnologia e operar o sistema que ligará Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro.
O diretor da Mitsui no Brasil, Kazuhisa Ota, disse que a empresa está formando um consórcio com outras grandes companhias japonesas, como Toshiba, Hitachi e Mitsubishi Heavy Industries -que lideraria a parte tecnológica do grupo.
Para o executivo, a mudança no modelo da licitação, que separou a operação da infraestrutura do TAV (Trem de Alta Velocidade), foi bem-vinda.
Agora, diz Ota, empresas estrangeiras que detêm a tecnologia ficam menos expostas aos riscos da obra civil do projeto. "Essa modelagem nova resolve muita coisa, facilita as coisas." "O risco da construção civil foi eliminado porque o governo assumiu o risco", disse o diretor-presidente da CAF no Brasil, Paulo Fontenele. "Estamos vendo [o leilão] com muita serenidade."
A CAF e a também espanhola Renfe formarão consórcio para participar da primeira fase da disputa. "Estamos trabalhando, nossos estudos estão prontos. Estamos montando um consórcio a partir da Espanha", disse Fontenele. O grupo espanhol deverá ter também parceiros brasileiros.
Segundo o diretor-presidente da empresa no país, todo o material rodante a ser utilizado, caso o consórcio seja o vencedor, será fornecido pela CAF, que já possui uma fábrica de vagões em Hortolândia (a 109 km de São Paulo). "Queremos fabricar em Hortolândia e já estamos estudando a ampliação da fábrica."
A francesa Alstom informou, por meio de nota, que há uma equipe "totalmente dedicada a analisar todo o pacote das condições, a fim de ter um posicionamento preciso sobre o projeto".
"A Alstom tem intenção de seguir na sua parceria com a operadora nacional francesa SNCF e, neste âmbito, Alstom e SNCF reafirmam o interesse no projeto", diz o comunicado. "[Alstom e SNCF] vão continuar discutindo com todas as partes interessadas a fim de ajudar a trazer a tecnologia de trens de alta velocidade para o Brasil."
trem bala 7 Trem Bala: Os mais velozes do mundo
Outra companhia estrangeira de olho no leilão é a canadense Bombardier, que acompanha "o processo de perto há alguns anos". A empresa canadense diz que, "quando a hora certa chegar, anunciará o modelo da possível participação"
Para a Bombardier, o TAV que ligará os dois maiores centros urbanos brasileiros é essencial para o desenvolvimento econômico e social da região. A empresa avalia que o acesso entre Rio e São Paulo chegou ao limite pelos meios de transporte disponíveis. Fonte: Economia

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Novo Trem de Alta Velocidade da Bombardier Exibido na Itália


O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, visitou o modelo em tamanho real do Frecciarossa 1000, o mais novo membro da família de trens de alta velocidade da família BOMBARDIER ZEFIRO. O revolucionário trem que combina eficiência de custos com alta capacidade de transporte será também exibido na feira InnoTrans 2012, em Berlim.

A operadora italiana de trens Trenitalia apresentou o modelo em tamanho real doFrecciarossa 1000, trem de alta velocidade que está sendo fabricado pela líder em tecnologia ferroviária Bombardier Transportation, em consórcio com a sua parceira AnsaldoBreda. O Frecciarossa 1000 é o mais novo membro da família de trens de alta velocidade ZEFIRO da Bombardier, conhecido como modeloV300ZEFIRO.

A apresentação ocorreu na cidade de Rimini, no domingo, 19 de agosto, para coincidir com a XXXIII Reunião Anual para a Amizade Entre os Povos, realizada nesta cidade. O primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, compareceu ao evento juntamente com o Diretor Presidente da Ferrovie dello Stato, Mauro Moretti, o Diretor Presidente da AnsaldoBreda, Maurizio Manfellotto e o Presidente da Bombardier Transportation na Itália, Roberto Tazzioli.

Primeiro Ministro da Itália, Mário Monti (ao centro)
na apresentação do novo trem junto ao Presidente da
Bombardier na Itália, Roberto Tazzioli (à direita)
“Além de seu belo design, o nosso trem representa uma virada para a indústria ferroviária” disse Tazzioli. “Ele oferece não apenas velocidades muito elevadas, possibilidade de atingir 360 km/h, mas também alta eficiência em relação ao custo, com capacidade de até 600 passageiros, confiabilidade, segurança e durabilidade. A família ZEFIROestabeleceu também um novo benchmark para mobilidade sustentável por oferecer o mais baixo consumo de energia por assento em relação a qualquer outro trem de alta velocidade existente no mundo hoje. Este desempenho ambiental e econômico sem paralelo faz com que o trem de alta velocidade seja uma alternativa atraente em relação às viagens individuais de automóvel.”

O novo trem também possui uma aceleração excepcional que assegura um tempo de viagem excelente, mesmo em percursos sinuosos. Em setembro de 2010, a Bombardier e a AnsaldoBreda receberam um pedido para a entrega de 50 trens. As primeiras unidades já estão em produção e os testes de linha ocorrerão até o final de 2012.

Depois da exposição em Rimini, o modelo em tamanho real do Frecciarossa 1000será levado para Berlim, na Alemanha, para ser exibido na maior feira mundial de negócios ferroviários, a InnoTrans, que ocorrerá entre os dias 18 e 21 de setembro próximo.

A Bombardier no setor de trens de alta velocidade
A Bombardier Transportation detém uma experiência sem paralelo neste setor, com mais de 1.000 trens de alta velocidade e veículos ferroviários entregues em todo o mundo, como fornecedora individual ou em parcerias com outras empresas. A Bombardier participou no desenvolvimento de muitos dos principais sistemas de trens de alta velocidade em operação no mundo, incluindo quatro diferentes gerações do TGV na França, a família de trens ICE utilizados na Alemanha e Holanda, o ETR500 e o Frecciarossa 1000, na Itália, além do AVE 102, AVE 112, AVE 130 e AVE 730 na Espanha, do Xinshisu na China, a famíliaBOMBARDIER ZEFIRO de trens de alta velocidade e o trem Acela, nos Estados Unidos.

Sobre a Bombardier Transportation no Brasil 
A sede da Bombadier Transportation do Brasil, bem como duas instalações de manutenção de frota, localizam-se em São Paulo. A empresa opera também uma fábrica de produção de monotrilhos de alta capacidade e um centro de renovação de veículos ferroviários em Hortolândia, Campinas. A Bombardier investe fortemente no Brasil e já é uma das mais importantes companhias do setor ferroviário nacional, ocupando a liderança no setor de mercado de modernização de veículos. O plano de investimentos iniciado em 2009 tem o objetivo de triplicar o número local de funcionários, chegando a 600 pessoas em 2012, e de quadruplicar a área industrial em Hortolândia. Além da capacidade existente de renovação, a planta de Hortolândia está sendo equipada para produzir novos veículos.

Fonte:News Bombardier España

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Problemas no transporte aéreo levam mais americanos a optar por trens


Durante muito tempo este serviço foi desconsiderado pelos viajantes da região Nordeste dos Estados Unidos, mas hoje a companhia de trem Amtrak está dominando a frequência de viagens comerciais que fazem conexão entre as cidades de Washington, Nova York e Boston. Neste verão (inverno no Brasil), seus trens estão lotados.

Há uma década, os voos da Delta Airlines e US Airways eram a forma preferida de se transitar entre as cidades. Mas as tarifas elevadas, o lento procedimento de segurança dos aeroportos e os atrasos frequentes desagradam os viajantes, conquistados por trens de alta velocidade Acela da Amtrak, além de passagens que podem ser emitidas online.

  
Segundo a Amtrak, 75% dos passageiros que viajam entre Nova York e Washington usam trem. Uma grande parte destes clientes apareceu desde que o modelo Acela foi introduzido em 2000 e a segurança dos aeroportos foi reforçada depois de 2001. Antes, a Amtrak tinha apenas cerca de um terço do negócio entre Nova York e Washington. Nacionalmente, o número de passageiros da Amtrak bateu seu recorde com 30 milhões de pessoas.

"No trem, você tem tomadas para ligar aparelhos elétricos e wi-fi, pode falar ao telefone e otimizar seu tempo", disse George Hamlin, um escritor e consultor de aviação aérea que frequentemente viaja com a Amtrak entre Washington e Nova York. "Até eu tenho de reconhecer isso."
Fonte: Último Segundo

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Bombardier Zefiro

Feira internacional de transportes que se inicia nesta terça-feira, 21,  na Alemanha, mostra trens e outros veículos com tendência ecológica, com tecnologia e design focados na economia de combustível e utilização de formas alternativas de energia. 
Um dos veículos apresentados é o Bombardier Zefiro, trem de alto desempenho que alcança 380 km/h e teve a maior parte da sua produção feita com materiais "verdes", fazendo parte da tecnologia ECO4 implantada pela empresa. 



"A indústria de transporte ferroviário, assim como muitas outras, esteve em tempos de tempestade nos últimos anos, mas agora com o fim da crise temos novos desafios a serem realizados", afirmou André Navarri, presidente da Bombardier. Em contato com a imprensa e lideranças dos Verdes alemães, Navarri disse estar torcendo por uma vitória de Marina Silva, no Brasil, "pois ela tem essa proposta filosófica de desenvolvimento equilibrado entre economia e ecologia, que é a base da criação do nosso Zéfiro também". 
Ele gostaria de implantar um projeto deste tipo num país carente de transporte coletivo e com grande potencial de energias alternativas como o Brasil. André Navarri comentou que havia recebido online uma tradução em resumo das principais declarações da candidata do Partido Verde a Presidente do Brasil, em telejornal da Rede Globo, quando ela afirmou: "O homem saiu da Idade da Pedra não porque acabaram as pedras, mas foi encontrada uma alternativa melhor. Assim também, vamos sair da Idade do Petróleo".
Fonte: Reuters

http://www.bombardier.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...