domingo, 28 de abril de 2013

Avião e Trem de Alta Velocidade conexões inteligentes

Se você voa para Paris, é bem provável que você chegue no aeroporto Paris Charles de Gaulle. Após um vôo longo, a última coisa que você precisa se preocupar é como chegar em seu próximo destino.

No Charles de Gaulle é fácil! A estação TGV está localizada no próprio aeroporto (terminal 2). 52 TGVs diários oferecem conexões diretas para muitas cidades francesas (Lyon, Lille, Marseille, Bordeaux, etc) e 5 partidas diárias do Thalys servindo o norte da Europa (Bruxelas e Amsterdam).

É uma ótima maneira de poupar tempo e dinheiro em suas conexões. Lyon – Aeroporto Saint Exupéry também está conectado a muitas cidades por trem: Aix lês Bains, Montpellier, Annecy, Avignon, Bruxelas, Grenoble, Paris (Gare Lyon).

Novo trem japonês desloca-se a 320 Km/h

Com design inspirado em temas folclóricos, o Super Komachi diminui o trajeto entre Tóquio e Morioka em 15 minutos, fazendo ainda um convite a visitações às áreas destruídas pelo terremoto em 2011. O Japão colocou recentemente um novo trem-bala em operação. Embora o design chame a atenção, o que realmente impressiona é a velocidade operacional do Super Komachi: 300 quilômetros por hora, devendo em breve chegar a 320 quilômetros por hora — ganhando, portanto, o posto de trem comercial mais rápido do mundo.


O novo modelo é mostrado, na foto, atendendo a um terminal que, diariamente, movimenta 380 mil pessoas — o que levou a operadora JR East a aumentar a segurança. O Super Komachi ocupará a linha Akita Shinkansen, que atende a porção norte do Japão.


Aerodinâmica com estilo


A fim de reduzir a pressão aerodinâmica sobre a superfície do trem — em trajetos dentro de túneis, por exemplo —, o Super Komachi apresenta um “nariz” com mais de 12 metros, o que também reduz os ruídos. Além disso, a suspensão ativa do trem diminui drasticamente as vibrações no interior da cabine.

A propósito, o aporte criativo/funcional do novo trem também pode ser confirmado no seu interior. Há displays de LED coloridos constantemente atualizados com informações sobre a viagem, além de espaços amplos dedicados a passageiros em cadeiras de rodas.

O acabamento externo do Super Komachi, naturalmente, não foi concebido ao acaso. De fato, a inspiração para a predominância do vermelho veio das namahage, máscaras folclóricas representando ogros. O próprio nome do trem tem origem histórica, remetendo a Ono no Komachi, poetiza de beleza lendária que teria nascido em Akita há 1200 anos.


Um convite rápido e seguro ao turismo


Com sua velocidade operacional assombrosa, o Super Komachi deve encurtar a viagem entre Tóquio e Morioka em aproximadamente 15 minutos. De acordo com a JR East, a ideia é também “inspirar” as pessoas a visitar o norte do Japão — particularmente, as várias porções que ainda se recuperam do terremoto e do tsunami ocorridos em 2011.

E caso você esteja se perguntando sobre o risco em potencial de se transportar dezenas de corpos humanos a velocidades superiores a 300 quilômetros por hora, as estatísticas certamente servem para acalmar. O transporte por meio de trens-bala permanece como o mais popular no Japão para grandes distâncias. Considerando-se a linha Tokaido Shinkansen, foram 50 anos de serviços sem fatalidades ou injúrias.

Correios podem utilizar o trem de alta velocidade

Brasília – A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) poderá utilizar o trem de alta velocidade (TAV) para fazer o transporte de cartas e encomendas. De acordo com o Ministério das Comunicações, o ministro Paulo Bernardo solicitou ao presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, que inicie conversas com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para discutir o projeto.

Segundo o ministro, cerca de 80% do tráfego de serviços dos Correios estão concentrados nas áreas metropolitanas do Rio de Janeiro e de São Paulo. A ideia é ter um vagão exclusivo para as mercadorias dos Correios, que podem ser um cliente fixo do trem.


O trem de alta velocidade irá ligar as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro. O empreendimento tem um custo estimado de R$ 33 bilhões. O leilão para as obras do TAV estava marcado para o dia 29 de abril e a previsão de conclusão era para 2015, mas sofreu ajustes nas datas o leilão será para 2013.

Diariamente circulam centenas de caminhões e carretas pelas principais rodovias do país carregando diversas encomendas, com a iniciativa os Correios economizariam em tempo combustível e o que é melhor poluindo menos.

domingo, 21 de abril de 2013

Trem de Alta Velocidade ligarão cidades russas

Trens de alta velocidade Sapsan e Lastochka ligarão três cidades russas: Moscou, Ekaterinburgo, na região dos Urais, e Sochi, no sul do país. A informação foi divulgada pelo presidente da empresa Vias Férreas da Rússia (RZD), Vladimir Yakunin.

Segundo ele, após a definição do governo federal russo sobre a rede de alta velocidade, será necessário transcorrer um prazo de quatro anos para o funcionamento. No primeiro, se planejará a logística do transporte e da montagem. Nos três seguintes, acontecerá a construção da rede e o sistema se tornará plenamente operacional.

Ainda de acordo com Vladimir Yakunin, na Feira de Hannover, na Alemanha, realizada na semana anterior, a empresa RZD assinou contratos para modernização de 385 locomotivas de muitos países.




No Brasil, as estações serão construídas em localidades previamente estudadas e integradas a diversos tipos de transportes como os VLTs, Trens Regionais, Trens Metropolitanos, Metrôs, Aeroportos entre outros.

A EPL está trabalhando para implantação do nosso trem de alta velocidade, uma necessidade real como expansão dos portos, aeroportos, ferrovias e demais áreas de infraestrutura.



sexta-feira, 19 de abril de 2013

Trem possibilita passeio por vários países na Europa

Que tal tomar café da manhã no Fouquet's-Barrière, o pós-moderno cinco estrelas inaugurado há pouco em Paris; almoçar em Bruxelas com Jean-Pierre Bruneau, chef de restaurante estrelado pelo guia "Michelin"; e, de noite, jantar na megaloja de luxo Harrod's, em Londres, onde, auspiciado pelo Turismo Espanhol, um balcão servia tapas e queijos, vinhos e doce de figo?


Dois trens de alta velocidade, o alemão, à esqerda, e o francês, à direita, na Gare de l'Est, em Paris

Com uma malha ferroviária de dar nó,250 mil quilômetros de trilhos e 80 mil partidas diárias, a Europa continental combina composições de alta velocidade, como o TGV francês e o ICE alemão, com simpáticos trenzinhos panorâmicos movidos a cremalheira, caso do GoldenPass e do Train du Chocolat suíços.

E há ainda o sempre noticiado Eurostar, que cruza Paris e Londres por baixo do canal da Mancha, ligando através do Eurotúnel as Ilhas Britânicas ao continente europeu propriamente dito. Unindo os diversos roteiros, passes comercializados no Brasil pela Rail Europe resgatam a possibilidade praticamente ilimitada de conexões e de ligações entre cidades europeias em países limítrofes.



Mas, mesmo planejando já, prefira viajar de trem entre o início de junho e fim de setembro, quando as temperaturas são amenas -o verão europeu coincide com nosso inverno.

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Trens de alta velocidade na Suíça - Eurocity

Há vários tipos de trens na Suíça prontos para transportá-lo pelo país e entre outros países europeus, dia e noite. A companhia ferroviária nacional suíça é a SBB (Schweizerische BundesBahn).

A rede ferroviária principal na Suíça é composta pelos seguintes trens regionais e intermunicipais:
Os trens RegioExpress ligam os destinos regionais com cidades suíças maiores.
Os trens Regio ligam cidades locais.
Os trens InterCity ligam cidades suíças maiores como Basileia e Genebra.
Os trens InterRegio ligam Zurique e Genebra com cidades por toda a Suíça. Esses trens fazem mais paradas que os trens InterCity.


Trens internacionais de alta velocidade na Suíça, ligam diversos países e cidades na Europa

O ICE liga a Suíça à Alemanha e aos Países Baixos.
O RailJet liga Zurique a Viena (Áustria).
O EuroCity liga Zurique, Basileia e Genebra a Milão (Itália).
O TGV liga Zurique, Basileia e Genebra a Paris (França).

Trens de alta velocidade domésticos na Suíça

Os trens domésticos suíços de alta velocidade são chamados de InterCity Neigezug (ICN). Os trens ICN transportam passageiros de forma rápida e confortável de um lado a outro do país.


quarta-feira, 17 de abril de 2013

Trem de Alta Velocidade - Eurostar

O Eurostar é um serviço de trem de alta velocidade entre Londres/ Paris e Londres/Bruxelas. Os trens da Eurostar possuem mais capacidade do que um jato jumbo, com um total de 766 lugares por trem! Viajando a uma velocidade de até 300km/h, leva apenas 2h 15 até Paris, 2h 01 até Bruxelas. Com 30 ou mais partidas diárias, é fácil programar uma viagem.

Você precisa reservar com antecedência um bilhete para viajar de Eurostar, e recomendamos a você fazer o check-in 45 minutos antes do embarque. Se você é um cidadão de um país não pertencente à UE, você precisará preencher um cartão de desembarque.

Viajar pelo Eurostar é uma excelente maneira de conhecer os serviços ferroviários de alta velocidade da Europa. É também uma boa oportunidade de experimentar o conforto e o estilo de viajar de cidade a cidade pela Europa.

O Eurostar oferece rotas de temporada no verão e inverno na Europa. Durante o verão, de julho a setembro, o Eurostar oferece serviços diretos entre Londres e Avignon, no sudeste da França. Durante o inverno, de dezembro a abril, o Eurostar une diretamente Londres a Moûtiers, Aime-la-Plagne e Bourg St Maurice dando acesso a mais de 40 resorts de esqui nos Alpess, incluindo Courchevel, La Plagne, Tignes, Méribel e Les Arcs.


Assim como Londres, Paris, Bruxelas e Lille, o Eurostar oferece também serviços diretos e de alta velocidade entre Londres e Disneyland ® Resort Paris, e serviços sazonais para a cidade provençal de Avignon e os Alpes franceses. Fonte Eurostar

terça-feira, 16 de abril de 2013

Lisboa, Madrid e Paris ligadas por linha de alta velocidade, estudos continuam

As capitais de Espanha e França estão ligadas por uma linha de trem de alta velocidade. O príncipe Felipe e o Presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, inauguraram e percorreram o trecho que faltava concluir entre Barcelona e Figueras, na fronteira espanhola.

Com a inauguração deste trecho, é agora possível viajar de TGV entre Madrid e Paris em dez horas. 
Esta seria a via de alta velocidade a que faria a ligação de TGV Lisboa-Madrid, que o Governo português decidiu não construir no momento mas estudos para construção continuam.



Numa primeira fase, será possível viajar em comboios de alta velocidade entre Madrid e Paris, com um transbordo na fronteira mas, a partir da Primavera, está prevista uma ligação sem interrupções.

O chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, frisou que "é mais do que uma simples via ferroviária. É um dos mais ambiciosos projetos concretizados na Espanha, uma infraestrutura estratégica, que será um novo eixo de prosperidade para a Catalunha, para o resto da Espanha e para toda a Europa".

A linha inicialmente terá duas ligações previstas com o TGV que liga a fronteira com a capital francesa Paris.

Nesta fase inaugural, será possível ligar Madrid a Paris em 10 horas, mas a viagem será encurtada quando deixar de ser necessário o transbordo em Figueres. Fonte: CP/Renfe

Veja mais sobre a ligação Espanha e França aqui.


sexta-feira, 12 de abril de 2013

Trem de Alta Velocidade - TGV

O TGV Trem de Grande Velocidade e o AGV Automotriz de Grande Velocidade fabricados pela empresa francesa Alstom podem chegar até 350 km/h, eles circulam pelos países da Europa, como França, Itália, Bélgica entre outros países.

A Alstom é uma das empresas que está interessada em concorrer aqui no Brasil para implantação do nosso Trem de AltaVelocidade - TAV Brasil, a Bombardier empresa canadense, a alemã Siemens, a japonesa Mitsu também estão no páreo.

No Brasil o TAV ligará primeiramente as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo até Campinas, existem estudos para novas ligações como de Belo Horizonte.


Visite também o site Transportes Sobre Trilhos o Futuro da Mobilidade em: www.transtrilhos.com 

quinta-feira, 11 de abril de 2013

França e a mobilidade sobre trilhos

Depois da popularidade das companhias aéreas de baixo custo, os franceses terão um outro tipo de transporte com tarifas mais em conta: trens de alta velocidade. Os vagões rápidos da Ouigo (ouigo.fr) começam a operar a partir de 2 de abril. O trecho entre Paris e Marselha, por exemplo, custará 20, ida e volta. Com o tradicional TGV (tgv.fr), o bilhete não sai por menos de 64,90.


No entanto, assim como a maioria dos voos low cost, os trens econômicos partirão de estações afastadas do centro. Em Paris, as saídas serão da vizinha Marne La Vallée, onde fica a Disneylândia, 50 quilômetros a leste da capital. Inclua na conta, portanto, o valor do bilhete de trem até lá ( 7,30 no RER; 50 minutos desde a estação Gare de Lyon). Ainda assim, o total de 34,60 é quase a metade do cobrado pelo TGV.
A Ouigo fará ainda viagens a Montpellier, Lyon e outras.

Até a Espanha. Também em abril será inaugurado o trecho do TGV entre Barcelona e Figueres, na fronteira com a França, que reduzirá o tempo da viagem de Paris a Madri de 15 para 9 horas. De Barcelona a Paris, o percurso levará 6:30h. Fonte: RF

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Estatal do trem bala mapeará 57 mil km de fibras ópticas em rodovias

Objetivo é transformar as vias em captadores de informação. Iniciativa é primeiro passo para a construção do 'backbone' da empresa.

Criada para ser sócia do trem-bala, a Empresa de Planejamento e Logística (EPL) irá mapear 57 mil quilômetros de fibras ópticas instaladas ao longo de rodovias e ferrovias para transformar as vias em captadores de informação.
O acordo para que os trabalhos comecem será assinado nesta quinta-feira (4) entre a estatal e Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que será responsável pelo projeto.

A iniciativa faz parte de outra competência da estatal: planejar a integração logística do país. A ideia é aproveitar a infraestrutura de internet rápida para criar seu próprio backbone (espinha dorsal de uma rede de internet), afirmou Manuel Poppe, coordenador do Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico da estatal.



A rede de fibras será usada para que a EPL possa integrar informações de entidades que captam dados em ferrovias e rodovias, como concessionárias, postos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Receita Federal.
Com a integração, a estatal poderá ter acesso, por exemplo, ao fluxo de praças de pedágio e postos fiscais. As informações darão suporte à criação do Observatório de Transporte e Logística, projeto da EPL que conterá uma radiografia do sistema de transporte brasileiro.
Assista o vídeo da cabine do Eurostar de Paris a Londres, chegando 300 km/h.

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Trem de Alta Velocidade - TGV Duplo Decker

Se impressione, mas você verá no vídeo um trem TGV de dois andares, Double Decker, muito lindo e rápido, o Brasil está trabalhando para implantação do TAV.

Uma visão rápida para iniciantes para viajar em um TGV na França alcançando mais de 300 Km /h double-deck de alta velocidade, o TGV Duplex é excelente.


Este vídeo mostra primeiro e segundo assento da classe em ambos os decks superior e inferior, o carro café-bar, e explica arranjos bagagem, banheiros, tomadas de corrente e assim por diante.

O TGV Duplex mostrado aqui é o de Zurique-Paris 11:34 TGV Lyria-, e é a mais recente geração conhecida como a Euroduplex, equipado de vincular a França com os países vizinhos.

Os mais antigos Duplex TGV usados ​​em serviços domésticos franceses, como Paris-Marselha-Cannes-Nice tem decoração interior diferente, mas um layout similar.

Outras rotas em que você vai encontrar TGV Duplex em alguns ou todos os serviços incluem Paris-Nimes-Perpignan-Narbonne-Figueres (para o Barcelona), Paris-Genebra, Paris-Stuttgart, Frankfurt-Marselha.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...