sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Novo Trem de Alta Velocidade Shinkansen E7 - Japão

East Japan Railway Co. e West Japan Railway Co. em 28 de novembro revelou seu primeiro trem de alta velocidade desenvolvido em conjunto, descrevendo-o como uma combinação da tradição japonesa e tecnologia state-of-the-art.

A nova série E7, mostrado para a imprensa em um pátio ferroviário em Rifu, Miyagi Prefecture, vai estrear em março de 2015, quando se espera que a rota Nagano-Kanazawa do Shinkansen Linha Hokuriku para iniciar os serviços. O novo trem-bala pode cobrir a seção de Tokyo-Kanazawa em duas horas e meia, muito mais rápido, informaram as empresas.

 Nova série E7 do Hokuriku Shinkansen (Kengo Hiyoshi)

O conceito de design da configuração de 12 carro é "o futuro do 'wa' (harmonia),'' disseram.

O deck do 18 lugares carro de prêmio GranClass apresenta ilustrações que representam as quatro estações do ano, tais como flores de primavera cereja e uma lua cheia de outono.

O carro da frente aerodinâmico foi projetado para reduzir a resistência do ar e ruído em altas velocidades. A parte superior do carro de trilho é azul sobre uma base de branco marfim.

Bandas de cor cobre que funcionam ao longo do centro do carro dar a impressão de arte tradicional japonesa, informaram as empresas.

http://www.tavtrilhos.com/2013/11/novo-trem-de-alta-velocidade-shinkansen.html

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Recorde de velocidade trem Pendolino

Recorde de velocidade para o Trem de Alta Velocidade Pendolino na Polônia. Em 24 de novembro de 2013, o Pendolino PKP quebrou o recorde de velocidade neste tipo de trem e de via, atingindo a velocidade de 293 quilômetros por hora na linha convencional entre Gora Wlodowska e Psary, a noroeste de Cracóvia, na Polônia.


O trem Pendolino conta com um mecanismo reclinável que permite que ele atinja velocidades avançadas em trilhos de linhas férreas tradicionais. Esse mecanismo, chamado sistema pendular, consiste em eixos com capacidade de se inclinar até 8 graus em relação aos trilhos, permitindo que as curvas possam ser feitas em velocidades de até 250 km/h. Fonte: Alstom

sábado, 23 de novembro de 2013

Primeiro Trem de Alta Velocidade Barcelona para Paris

O primeiro trem de alta velocidade que unirá Paris e Barcelona começará a circular em 15 de dezembro, anunciou nesta quarta-feira a ministra espanhola de Infraestrutura (Transportes e Obras públicas), Ana Pastor.

As companhias ferroviárias espanhola RENFE e francesa SNCF compartilharão a exploração comercial da rota.


O trajeto entre as duas cidades deve durar 6h20, mas isso ainda não foi confirmado pelas autoridades ferroviárias.


A SNCF afirmou em outubro que as linhas de alta velocidade destinadas a unir Marselha, Lyon e Toulouse com Barcelona devem ser efetivas no último trimestre de 2013.

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Trem de Alta Velocidade AGV Alstom na Itália

Os trens de alta velocidade na Europa continuam a ligar mais cidades em velocidades incríveis, agora o primeiro serviço de comboios de alta velocidade 100% comercial de alta velocidade é  lançado pelo presidente da Ferrari na Itália. (2012)

O trem é o novo AGV o sucessor do lendário TGV a partir do grande conglomerado multinacional francesa Alstom. Ele tem uma velocidade de funcionamento de 360 km /h. Dependendo do trecho que pode conduzir rotas completas a essa velocidade incrível.


sábado, 2 de novembro de 2013

Trem de Alta Velocidade pátio Guangzhou China

A mais longa linha de trens de alta velocidade do mundo, que conta com mais de 2 mil quilômetros de extensão, ligando a capital Pequim à cidade de Guangzhou, localizada no sul do país.

Além de cobrir uma distância enorme, os novos trens alcançam velocidades de 300 quilômetros por hora, encurtando a duração da viagem de 20 horas para apenas oito. A China investiu pesado no desenvolvimento da infraestrutura necessária aos trens de alta velocidade, e hoje conta com linhas que, somadas, possuem mais de 9 mil quilômetros de extensão.

Os novos trens substituíram os antigos e lentos vagões que faziam esse trecho anteriormente, e o preço das passagens também ficou mais elevado. Assim, os passageiros que antes desembolsavam cerca de R$ 140 para viajar, agora pagam por volta de R$ 285 por uma poltrona na segunda classe. Entretanto, apesar de demorar um pouco mais, o trajeto por meio dos novos trens é mais barato e menos estressante do que viajar de avião, e muito mais seguro do que enfrentar as caóticas rodovias chinesas. Fonte: NYT

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Trem de Alta Velocidade muda a vida dos Chineses

Matéria do New York Times assinada por Keith Bradsher mostra o quanto a vida dos chineses foi mudada para melhor  pela rápida implantação de redes de alta velocidade. As estações que estavam vazias quando foram inauguradas agora mostram longas filas nas bilheterias. É como se o país nunca tivesse conseguido viver sem seus trans mais modernos.


O tráfego de passageiros está crescendo 28% ao ano. A produtividade aumentou muito nas 100 cidades servidas pelo trem-bala. Funcionários e executivos estão se deslocando muito mais entre a matriz e suas filiais - e reclamando menos do trânsito. As passagens nesses trens estão custando metade do que custam as passagens de avião. E o governo já anunciou que vai investir mais de 100 bilhões de dólares em ferrovias nos próximos anos.

Fonte: NYT
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...