terça-feira, 16 de setembro de 2014

Primeira ferrovia de alta velocidade projetada para temperaturas extremamente baixas - China

A primeira ferrovia de alta velocidade do mundo projetada para suportar temperaturas extremamente baixas entrou em funcionamento em 2012 no nordeste da China como parte dos esforços do país para revitalizar a indústria da região.

A ferrovia, que percorre 921 quilômetros e conecta as capitais das províncias de Heilongjiang, Jilin e Liaoning à cidade portuária de Dalian, em Liaoning, tem uma velocidade projetada de até 350 quilômetros por hora.


A linha entrou em operação depois de um período experimental de dois meses em que circulou em meio a tempestades de neve com temperaturas de até 40 graus negativos. A operação da linha de alta velocidade Harbin-Dalian representa um grande progresso na construção de uma rede ferroviária de 'quatro linhas verticais' e 'quatro linhas horizontais'", indicou o vice-ministro das Ferrovias da China, Lu Chunfang.

Atualmente, a China conta com uma rede de alta velocidade de 8,6 quilômetros, ocupando o primeiro lugar do mundo. A nova linha de alta velocidade não apenas permitirá a realização de viagens com duração de meio dia dentro das três províncias, mas também deve revitalizar o "corredor industrial" que une a indústria química pesada de Heilongjiang, a indústria automobilística de Jilin e a indústria de maquinaria pesada de Liaoning com o porto de Dalian.

De acordo com o plano quinquenal de transporte aprovado pelo Conselho de Estado, gabinete chinês, o país contará em 2015 com uma rede ferroviária de alta velocidade de quatro linhas leste-oeste (horizontais) e outras quatro norte-sul (verticais), com uma extensão total de cerca de 18 mil quilômetros.