sexta-feira, 24 de abril de 2015

Projeto do Trem de Alta Velocidade no Brasil não foi abandonado, diz Vice-Presidente a espanhóis

O projeto de trem de alta velocidade entre São Paulo e Rio de Janeiro não foi abandonado pelo governo e, talvez, venha a ser retomado após o ajuste fiscal.

Foi a resposta dada pelo vice-presidente da República, Michel Temer, durante um encontro com empresários organizado pela agência espanhola de notícias EFE e a consultoria KPMG, em Madri, nesta quinta-feira.


O governo fez várias tentativas de licitação, sem sucesso. Em 2013, o Palácio do Planalto estimava que o custo da obra ficaria em R$ 34 bilhões, enquanto analistas do setor privado previam algo próximo de R$ 50 bilhões.

Segundo Temer, o projeto do TAV foi adiado, “mas não saiu do objetivo” do governo e “talvez venha a ser retomado até o fim do ano”. Mas logo depois foi mais prudente. “Vamos ver depois do ajuste fiscal.” Fonte: Valor Online