terça-feira, 12 de abril de 2016

Projetos ferroviários representam metade do investimento em infraestrutura na China

Os projetos de transporte e de construção municipal representam mais da metade do investimento em infraestrutura da China desde 2015, de acordo com a pesquisa de um banco de investimento.  As redes de trem e metrô respondem por 46% e 33%, respectivamente, do investimento planejado para os projetos de infraestrutura aprovados pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (CNDR, o mais alto órgão de planejamento econômico do país), informou a Companhia de Capital Internacional da China (CICC, em inglês) em relatório na segunda-feira. 


A CNDR acelerou a aprovação dos projetos de infraestrutura em setembro de 2015 após conferir ao Banco de Desenvolvimento da China e ao Banco de Desenvolvimento Agrícola da China dez iniciativas para promover o investimento em infraestrutura e estabilizar o crescimento econômico. Desde então, a CNDR aprovou mais de 100 projetos ou planos para construir redes de transporte e metrô com o investimento total de mais de 2 trilhões de yuans (US$ 309,6 bilhões), segundo o relatório.

Os governos locais lançaram muitos projetos de parceria público-privada (PPP) em 2015 a fim de financiar o desenvolvimento de infraestrutura. Até fevereiro de 2016, o centro de PPP do Ministério das Finanças compilou 7.110 projetos com um investimento total de 8,3 trilhões de yuans. Entre eles, 6 mil projetos totalizando 6,8 trilhões de yuans foram lançados desde 2015, de acordo com o levantamento.

A maioria dos projetos de PPP ainda está na fase de identificação, representando 69% do investimento total. Shandong, Guizhou, Yunnan, Sichuan e Henan são as cinco províncias em que mais se investe. Nenhum programa do tipo foi iniciado pelo governo de Shenzhen, que tem um estado financeiro saudável. Fonte: Agência Xinhua