quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Tecnologia de estruturas utilizadas em todo o mundo em testes no Reino Unido

A Universidade de Heriot - Watt de Edimburgo está realizando testes para ver se a tecnologia de estruturas utilizada em todo o mundo é adequada para a construção de uma estação ferroviária de alta velocidade no Reino Unido. A universidade disse que acredita que o teste é o primeiro de seu tipo no Reino Unido.


Oito seções da tecnologia fornecidas pelo fabricante alemão Max Bögl estão sendo usadas para conduzir ensaios na instalação do Geopavimento e Testes de Fadiga Acelerada Ferroviária (GRAFT) da universidade - uma das duas únicas instalações de teste no Reino Unido.

A instalação GRAFT pode imitar a velocidade e as cargas dinâmicas de um trem de alta velocidade e simular o desgaste equivalente a anos de serviço regular de passageiros.

A pesquisa se concentrará no desenvolvimento de dois "novos sistemas de substituição de aterro", que poderiam reduzir o custo de construção e melhorar o desempenho.

A Universidade Heriot-Watt, que trabalha junto à Universidade de Leeds, recebeu financiamento do Conselho de Pesquisa de Engenharia e Ciências Físicas (EPSRC) para conduzir o projeto de Redução de Custos de Estradas de Ferro com Sistemas Préformados (LOCORPS). Fonte: Universidade de Herio Watt de Edimburgo