quarta-feira, 8 de maio de 2013

Transrapid de Xangai na China

O Transrapid de Xangai na China é um exemplo de trem MAGLEV. Devido à falta de contato entre o veículo e a linha, a única fricção que existe, é entre o aparelho e o ar. Por conseqüência, os comboios de levitação magnética conseguem atingir velocidades enormes, maiores até que os TGVs, com relativo baixo consumo de energia e pouco ruído. Embora a sua enorme velocidade os torne potenciais competidores das linhas aéreas, esse tipo de transporte possui um elevado custo de produção.


Na UFRJ no Rio de Janeiro está em desenvolvimento um protótipo do Trem Magnético, a ideia é primeiro colocar em operação dentro do Campus do Fundão que é muito grande, após esta etapa passar para outros trechos maiores.