sexta-feira, 10 de setembro de 2021

PROSPER VLT, DA MARCOPOLO RAIL, INICIA FASE DE TESTES PARA HOMOLOGAÇÃO

- Projeto, resultado da parceria entre Marcopolo Rail e Giordani Turismo entra em fase final de testes dinâmicos para homologação do veículo e obtenção do Atestado de Capacidade Técnica.

- Testes devem acontecer nos trilhos da Maria Fumaça - Trem do Vinho entre setembro e outubro, sempre à noite.


A Marcopolo Rail, divisão de negócios da Marcopolo destinada à fabricação de produtos metroferroviários, com o apoio da Giordani Turismo, inicia a operação dos testes de comissionamento do Prosper VLT. Os testes serão realizados no mesmo trajeto onde acontece o tradicional passeio da Maria Fumaça, em Bento Gonçalves.



A chegada do Prosper VLT à Estação está prevista para ocorrer no dia 9 de setembro. A partir desta data, até meados de outubro, a empresa fabricante será a responsável pelos testes do veículo que serão realizados das 22h às 6h, no trecho entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa - percurso do tradicional passeio da Maria Fumaça - Trem do Vinho, da Serra Gaúcha.


“Os testes fazem parte das últimas etapas de homologação do VLT e visam assegurar que os sistemas e componentes estejam projetados, instalados, testados e mantidos de acordo com as necessidades e requisitos operacionais”, comenta Petras Amaral, business head da Marcopolo Rail.



VLT não substituirá passeio com locomotiva histórica


As viagens de Maria Fumaça - Trem do Vinho, um dos passeios mais procurados por turistas que visitam o Rio Grande do Sul, seguirão acontecendo normalmente, pela manhã e tarde durante o período de testes. O Prosper VLT será utilizado pela Giordani Turismo em um novo roteiro turístico na região Sul do Brasil, ainda sem data prevista para operação.


Prosper VLT: moderno e versátil


O Prosper VLT, lançado em dezembro de 2020, é um veículo leve sobre trilhos de embarque em nível, versátil e desenvolvido para atender os mais diversos projetos de transporte ferroviário de passageiros. Foi desenvolvido com foco em baixos custos de implementação ou recuperação de sistemas existentes e baixos custos de operação, aliados a design moderno e conforto.


“Com o Prosper VLT, preenchemos uma lacuna no mercado brasileiro por meio da fabricação de um veículo 100% nacional nesta categoria e, portanto, bastante competitivo tanto no Brasil quanto para a América Latina”, comenta Amaral.


As propulsões podem ser a diesel com baixo nível de emissões, bimodal (sistemas diesel e elétrico operando alternadamente), híbrida (com baterias ou capacitores) ou elétrica. Pode ser constituído por composições de até quatro carros de 18 metros de comprimento, nas versões urbanas, turismo e intercidades. É bidirecional e pode ser produzido para circular em bitola métrica, standard ou larga.


Dados técnicos


• Altura interna: 2.384 mm

• Largura interna: 2.700 mm

• Plataforma de embarque: 1,10m

• Posto para cadeirante: um em cada carro (0,8 m X 1,2 m);

•  Número de portas: até 3 portas laterais de cada carro 

• Saídas de emergência: 4

• Conformidade com as normas internacionais

• Interface em tempo real: rotas, mídia, GPS, ethernet, telas, etc.

• Capacidade de Passageiros por composição de quatro carros: Versão Urbana - 760 | Versão Intercidades - 280


Sobre a Marcopolo


Fundada há 72 anos em Caxias do Sul (RS), a Marcopolo é líder na fabricação de carrocerias de ônibus no Brasil e desenvolvimento de soluções de mobilidade, posicionando-se entre as maiores fabricantes do mundo. A companhia investe de forma contínua em aprimoramento, tecnologia, design e expansão, produzindo soluções que contribuem para o desenvolvimento do transporte coletivo de passageiros. Com fábricas nos cinco continentes, os veículos produzidos pela empresa rodam nas estradas de mais de cem países.


Crédito das imagens: Julio Soares


Secco Consultoria de Comunicação

Tel. 11 5641-7407 - secco@secco.com.br

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Ranking dos trens de alta velocidade mais rápidos do mundo

Nosso ranking dos trens de alta velocidade mais rápidos do mundo mostra que os países da Ásia são líderes mundiais junto com os Europeu em trens de alta velocidade. Os recordes de velocidade dos trens mais rápidos do mundo em testes e em operação. O trem SCMaglev no Japão tem uma velocidade máxima de 603 km / h (375 mph). O trem TGV de alta velocidade da SNCF na França tem uma velocidade máxima de 575 km / h (357 mph). O trem Shanghai MagLev na China tem uma velocidade máxima de 501 km / h (311 mph).

As redes ferroviárias de alta velocidade podem ser um fenômeno relativamente novo, mas para 20 países do mundo já formam a espinha dorsal da rede de transporte. Embora introduzido pela primeira vez no Japão, o trem de alta velocidade foi verdadeiramente estabelecido na Europa durante os anos 80 e 90. Recentemente, os avanços tecnológicos levaram os países asiáticos a subir na hierarquia em relação à população atendida pela rede de alta velocidade, preço por quilômetro, bem como pelas velocidades operacional e máxima, consolidando o Japão no primeiro lugar. Fonte: Goeuro

O Alfa Pendular de Portugal atinge 220 km / h em operação com passageiros

O serviço Alfa Pendular é efetuado pelas automotoras elétricas da Série 4000, (de 6 carruagens) também conhecidas como CPAs (Comboio de Pendulção Ativa) ou, simplesmente, pendulares. Fabricadas pela Fiat Ferroviária (adquirida pela Alstom em 2000) e montadas nas instalações da antiga Sorefame, na Amadora, estas automotoras são baseadas no modelo italiano ETR 460 (também da Fiat Ferroviária), da família Pendolino. Estes comboios têm capacidade para transportar cerca de 300 pessoas (96 em classe conforto e 204 classe turística). As suas principais características técnicas são a potência de 4,0 MW, a velocidade máxima permitida de 220 km/h e o sistema de pendulação ativa que lhe permite fazer curvas a velocidades mais elevadas que os comboios convencionais. O serviço Alfa Pendular é efetuado pelas automotoras elétricas da Série 4000, (de 6 carruagens) também conhecidas como CPAs (Comboio de Pendulação Ativa) ou, simplesmente pendulares. 

Em 2017 iniciou-se o restauro de meia vida às automotoras da Série 4000 da CP, do Alfa Pendular, nas oficinas da EMEF. Do ponto de vista do passageiro, o comboio tem um novo bar e novos WC, novos interiores em todas as classes, e uma nova pintura exterior. A rede Wi-Fi está mais rápida, e agora todos os bancos têm tomadas elétricas individuais. Fonte: CP




sexta-feira, 9 de julho de 2021

Amtrak firma contrato com a Siemens

WASHINGTON - A Amtrak está contratando a Siemens Mobility Inc., sediada na Califórnia, para fabricar uma nova frota de até 83 trens modernos multi-motorizados que serão aproveitados para serviços estaduais e do nordeste, com mais opções para até 130 trens adicionais para apoiar o crescimento da Amtrak planos. A nova frota oferecerá comodidades ferroviárias modernas que atendem melhor aos clientes da Amtrak.


“Esses novos trens remodelarão o futuro das viagens ferroviárias, substituindo nossa frota envelhecida de 40 a 50 anos por equipamentos de última geração feitos nos Estados Unidos”, disse Bill Flynn, CEO da Amtrak . “Este investimento é essencial para preservar e aumentar nossos serviços regionais e estaduais do Nordeste e permitirá que nossos clientes viajem com conforto e segurança, ao mesmo tempo reduzindo profundamente os poluentes critérios.”

O novo equipamento operará no Corredor Nordeste, Palmetto de longa distância e várias rotas apoiadas pelo estado que substituirão Amfleet, Metroliner e equipamentos estatais em certas rotas em todo o país. Além da Regional Nordeste , outras rotas incluirão Adirondack , Carolinian , Cascades , Downeaster , Empire Service , Ethan Allen Express , Keystone Service , Maple Leaf , New Haven / Springfield Service ( Amtrak Hartford Line e Valley Flyer) , Pensilvânia, Vermonter e Virginia Service s.

“A aquisição de novo material rodante da Amtrak é histórica. Esses trens de última geração permitirão que a Amtrak opere e forneça serviços com mais segurança, eficiência e confiabilidade ”, disse o administrador adjunto da FRA, Amit Bose. “Mais importante, isso dará aos passageiros acomodações ferroviárias modernas, comodidades e conforto que desejam e merecem.”

“O Estado de Nova York parabeniza o presidente da Amtrak, Anthony Coscia, e o CEO William Flynn, por seu compromisso sustentado com a inovação de serviços e viagens ecológicas”, disse a comissária do Departamento de Transportes do Estado de Nova York, Marie Therese Dominguez. “O prêmio de trens históricos de hoje servirá para acelerar a substituição dos carros Amfleet de quase 50 anos atualmente em operação e servir para complementar os investimentos sem precedentes de Nova York em novas estações de passageiros, confiabilidade de serviço e segurança. Os 17 novos trens sendo dedicados às rotas apoiadas pelo Estado de Nova York irão melhorar significativamente a experiência do passageiro e incorporar tecnologias de combustível mais limpas, em apoio às leis climáticas de Nova York.

“Estamos ansiosos para a entrega dos novos trens para o serviço Amtrak Cascades. Eles irão aprimorar a experiência do passageiro em uma das rotas de trem mais bonitas do país ”, disse Ron Pate, Diretor de Ferrovias, Cargas e Portos do Departamento de Transporte do Estado de Washington. “Como nossos trens serão os primeiros a sair da linha de montagem, é emocionante que sejam revelados no noroeste do Pacífico.”

“Esta é uma notícia emocionante e importante. Os novos trens Amtrak proporcionarão aos passageiros do Downeaster ainda mais conforto e conveniência ”, disse Patricia Quinn, Diretora Executiva da Northern New England Passenger Rail Authority, que patrocina o Downeaster . “Uma frota eficiente, confiável e ecologicamente correta é necessária para atender à crescente demanda por trens de passageiros e refletir o papel crítico que desempenha em nossa rede de transporte moderna.”

“A Commonwealth está empenhada em promover, sustentar e expandir o serviço ferroviário de passageiros patrocinado pelo estado em toda a Virgínia”, afirmou Jennifer Mitchell, diretora do Departamento de Transporte Ferroviário e Público da Virgínia. “Substituindo uma frota de 40 anos de idade, os novos trens Amtrak nos ajudarão a cumprir essas metas com motores modernos de dupla potência, operações aprimoradas, maior eficiência de combustível e menores emissões de carbono - tanto no modo elétrico quanto no diesel.”

“As novas locomotivas de alimentação dupla irão melhorar drasticamente a experiência do piloto, reduzindo o tempo de permanência em Washington, DC, que existe atualmente para uma troca de motor”, disse DJ Stadtler, Diretor Executivo da Virginia Passenger Rail Authority. “Isso aumentará a capacidade geral e diminuirá significativamente o tempo de viagem entre qualquer lugar na Virgínia para a cidade de Nova York e Boston.”

O investimento de US $ 7,3 bilhões inclui a compra de equipamentos e um contrato de fornecimento de peças e serviços de longo prazo, modificações e atualizações de instalações e outras despesas do programa.

Um contrato de serviço de longo prazo para suporte técnico, peças de reposição e fornecimento de material acompanhará o contrato de fabricação dos trens. Os novos trens incluem monitoramento remoto e diagnóstico digital totalmente integrado para maior confiabilidade. Esses recursos avançados permitirão que a Amtrak teste e desenvolva novas tecnologias e introduza novas abordagens de manutenção para aumentar a eficiência, aumentar a disponibilidade e reduzir os custos de longo prazo.

“Esses novos trens, alguns dos quais serão nossas primeiras operações com baterias híbridas nos Estados Unidos, transformarão a maneira como os americanos viajam. Oferecendo uma experiência de viagem mais sustentável e confortável, eles serão construídos com excelência e com orgulho em Sacramento, Califórnia ”, afirmou Michael Cahill, presidente da Siemens Mobility, Rolling Stock na América do Norte. “Na última década, trabalhamos em estreita colaboração com a Amtrak e seus parceiros estaduais para desenvolver e entregar trens que atendam às necessidades dos viajantes da América, esses trens de última geração se baseiam nessa experiência e oferecem muito mais”.

Os trens mais recentes terão assentos mais confortáveis, tomadas individuais e portas USB, Wi-Fi a bordo, iluminação aprimorada e janelas panorâmicas, vestíbulos maiores, uma experiência de serviço de alimentação mais contemporânea, incluindo opções de autoatendimento, bem como de última geração informações de viagem do cliente de última geração, sistema digital de reserva de assento e sistemas de exibição de navegação. Os trens foram projetados com os mais recentes padrões de saúde e segurança, incluindo HVAC aprimorado, controles de banheiro sem toque e etapas automatizadas. Os trens atendem às mais recentes regulamentações e padrões de segurança, proporcionando maior segurança estrutural. Com capacidade expandida e a habilidade de encurtar o tempo de viagem, a Amtrak espera que o novo equipamento adicione mais de 1,5 milhão de passageiros anualmente.

Usando sistemas de multi-potência, incluindo operação de bateria híbrida para uma parte da frota usada para o Empire Service de Nova York , esses trens também fornecerão um benefício ambiental substancial por meio de critérios reduzidos de poluentes em comparação com a frota existente. Eles serão projetados com o novo padrão da Amtrak de recursos acessíveis aprimorados, incluindo loops auditivos indutivos, banheiros e vestíbulos acessíveis, um vagão de Food Service acessível e elevadores para clientes com mobilidade reduzida, incluindo cadeirantes.

Os trens serão fabricados nas instalações de fabricação de ferrovias da Siemens Mobility em Sacramento, Califórnia, e cumprirão os Padrões Buy America da Federal Railroad Administration. A instalação está comemorando seu 30 º aniversário de operações este ano, uma vez que continua a adicionar aos seus mais de 2.100 membros da equipe. É uma das maiores usinas desse tipo no continente, e também uma das mais sustentáveis, usando uma instalação de painel solar de 2,1 MW para fornecer a maior parte de sua energia proveniente do forte e confiável sol da Califórnia. A Siemens Mobility projeta e fabrica todo o espectro de material rodante, incluindo trens de passageiros, veículos leves sobre trilhos e bondes, locomotivas e vagões de passageiros em Sacramento.

“A economia de inovação da Califórnia está voltando com força total, e este contrato de US $ 7,3 bilhões - um dos maiores de seu tipo - representa empregos com boa remuneração e prova ainda mais que a Califórnia é um ótimo lugar para fazer negócios”, disse o governador da Califórnia, Gavin Newsom. “Com sede aqui em Sacramento por 30 anos, esta instalação da Siemens é uma das maiores do continente e uma das mais sustentáveis, e este novo contrato consolidou a liderança da Califórnia em transporte limpo e redução de emissões de carbono.”

“Esta é uma boa notícia para a Califórnia. Esses novos trens da Amtrak feitos em Sacramento tornarão as viagens mais eficientes e acessíveis para residentes e visitantes, além de beneficiar o meio ambiente por meio de emissões reduzidas ”, disse o senador americano Alex Padilla. “Modernizar nossos sistemas de transporte é essencial - e este novo investimento nos ajuda a fazer exatamente isso.”

“Aplaudo o anúncio da Amtrak de comprar os trens da próxima geração construídos pela Siemens aqui em Sacramento. Estou orgulhoso de que este investimento não irá apenas para modernizar a infraestrutura ferroviária de nosso país, mas também apoiará empregos bem remunerados para nossa comunidade ”, disse o representante dos Estados Unidos da Califórnia Ami Bera.

“Sistemas de trânsito como o Amtrak são o coração de nossa economia e investimentos ousados ​​como esses nos permitem dar passos cruciais para transformar nosso setor de transporte e reduzir nossa pegada de carbono”, disse Doris Matsui, representante dos Estados Unidos da Califórnia. “Em Sacramento, a Siemens Mobility não é apenas uma importante criadora de empregos locais, mas um membro ativo de nossa comunidade unida. Com este anúncio, sua inovação trará melhorias de frota de última geração e ecologicamente corretas para os viajantes em todo o país. ”

“Eu aplaudo o investimento da Amtrak no futuro do transporte de passageiros, fabricação americana e resiliência climática”, disse o representante dos Estados Unidos da Califórnia John Garamendi. “Este projeto apoiará 2.100 empregos na fábrica da Siemens em Sacramento nos próximos anos. Essas locomotivas com baixo consumo de energia substituirão os trens antigos em todo o país, garantindo serviços confiáveis ​​da Amtrak e reduzindo as emissões de carbono. Eu apresentei uma legislação para promover ainda mais a fabricação de trens americanos e garantir que a infraestrutura americana crie empregos americanos. Grandes investimentos como esta compra são um passo fundamental para restaurar a manufatura americana, reconstruir a infraestrutura americana e revitalizar a força de trabalho americana. ”

“Se investirmos em trens de passageiros, nosso país pode ter um futuro com infraestrutura de transporte de classe mundial que pode estimular o crescimento econômico, reduzir a poluição e conectar americanos de todo o país às oportunidades”, disse o senador Tom Carper, de Delaware. “O anúncio de hoje é um passo em direção a esse futuro - o primeiro de muitos que virão enquanto trabalhamos para apoiar a Amtrak e todo o bem que ela pode fazer pelo povo americano.”

“Uma atualização da infraestrutura do nosso país que ajudará a mover dezenas de milhões de pessoas com mais rapidez, segurança e confiabilidade é um passo na direção certa. Estou animado com este acordo entre a Siemens e a Amtrak, e particularmente feliz com o que isso significa para os milhares de homens e mulheres que farão a manutenção desses conjuntos de trens na América ”, disse o senador Chris Coons, de Delaware. Fonte: Amtrak




terça-feira, 6 de julho de 2021

Trem DB tratado com anticongelantes

Na fábrica de Berlin-Rummelsburg trens com excesso de gelo podem agora serem descongelados em menos de 24 horas. A diminuição do tempo de oficina melhoraram significativamente, devolvendo os trens mais rapidamente prontos para serem utilizados novamente. Em Frankfurt, o tratamento preventivo dos trens testados com anticongelante adiantam o processo.

A frota de removedores de neve foi aumentada. A remoção de neve nas plataformas e vias serão monitoradas via GPS. Na Europa a neve não é um entrave operacional e sim faz parte do trabalho cotidiano operacional. Fonte: DB



terça-feira, 22 de junho de 2021

Ferrovia de alta velocidade Beijing-Shanghai tem 1,35 bilhão de viagens de passageiros em 10 anos

Beijing, 22 jun (Xinhua) - O China State Railway Group Co., Ltd revelou que 1,35 bilhão de viagens de passageiros foram feitas com segurança na ferrovia de alta velocidade Beijing-Shanghai desde que ela entrou em operação há 10 anos .


Em seu dia mais movimentado da última década, 666 trens foram colocados em operação na via férrea. Já a maior contagem diária de passageiros atingiu cerca de 798 mil, de acordo com o grupo.

Em 2019, a ferrovia de alta velocidade Beijing-Shanghai realizou um recorde de 210 milhões de viagens de passageiros, ou 9,3% do tráfego neste tipo de transporte, mesmo com apenas 3,7% da malha ferroviária de alta velocidade em operação.

A ferrovia também se manteve lucrativa desde 2014, de acordo com a Beijing-Shanghai High Speed Railway Co., Ltd. O lucro líquido da empresa aumentou anualmente em média 39,4% entre 2014 e 2019. Em 2020, a ferrovia permaneceu no azul, apesar do impacto da COVID-19.

Ligando a capital Beijing ao centro econômico costeiro oriental de Shanghai, a ferrovia de alta velocidade de 1.318 km foi aberta ao público em 30 de junho de 2011. Fonte: Xinhua Portugues

domingo, 13 de junho de 2021

Renfe Velaro atingiu a velocidade de 403,7 km/h

Em 24 de Março de 2001, a Siemens ganhou metade da licitação da RENFE para fornecer 32 trens de alta velocidade para a linha ferroviária de alta velocidade Madrid - Barcelona, ​​oferecendo uma versão modificada do ICE 3 utilizado pela Deutsche Bahn para o seu serviço InterCity Express. As mudanças envolveram uma taxa de aumento para maior potência (8,800 kW ou 11,800 hp) para aceleração mais alta e velocidade máxima para cobrir os 651 km entre Barcelona e Madrid em 2h:30h, a capacidade de operar em uma gama de altas temperaturas e um interior diferente. 


A Classe AVE 103 foi certificada para funcionar a 350 km. Durante os testes entre Madrid e Saragoça, em 16 de Julho de 2006, o trem 005 atingiu 403,7 km/h em testes e ensaios. Este é o recorde nacional atual da dos trens de alta velocidade  na Espanha e também o registro atual de velocidade para um trem normal da série na configuração padrão.

Em 23 de Dezembro de 2005, a RENFE encomendou mais 10 trens idênticos (denominação Siemens Velaro E2). Atualmente, todos os 26 trens de ambos os pedidos na época foram entregues e estão em serviço. Fonte: Renfe


quinta-feira, 20 de maio de 2021

Shinkansen da série E5

O nariz longo "bico de pato" neste Shinkansen da série E5 não é projetado para ajudá-lo a ir mais rápido, ele está lá para minimizar o ruído causado pela entrada e saída de composições em túneis em altas velocidades. Este trem começou suas operações com serviços no recém ampliado Tohoku Shinkansen Linha de Aomori em março 2011 e é capaz de atingir velocidades de 320 km/h, mas até agora tem sido restrito a 300 km/h em serviço regular.



quarta-feira, 5 de maio de 2021

Korea Train Express - KTX

O Korea Train Express KTX é um sistema de trens de alta velocidade da Coreia do Sul operado pela companhia Korail. A tecnologia do comboio é baseado no sistema de TGV francês, apresentando velocidades de mais de 300 km/h. Em 16 de Dezembro de 2004 o comboio coreano HSR-350X efetuou uma viagem de testes alcançando os 352.4 km/h.

Após 12 anos de construção, a linha Gyeongbu (ligando Seul até Busan via Daejeon e Daegu) e a linha Honam (Seul paraGwangju e Mokpo) abriram em 31 de Março de 2004, utilizando trens de alta velocidade em apenas parte da linha (Seul-Daegu), a nova linha corta o tempo de viagem entre Seul e Busan dos anteriores 260 minutos para apenas 160 minutos, chegando até 116 minutos. Fonte: KTX