quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Trem de alta velocidade autônomo com robôs nas estações

Os trens de alta velocidade Pequim-Zhangjiakou conseguiram quebrar o recorde de velocidade das locomotivas em aproximadamente 374 km/h. A velocidade é 10% maior que os modelos anteriores. O trem deve conectar a capital da China, Pequim, e seu vizinho próximo ao noroeste, a cidade de Zhangjiakou, às vezes chamada Kalgan. A ferrovia se estenderá um pouco mais de 108 milhas entre as cidades, a última das quais tem o apelido de "Porta do Norte de Pequim". O percurso poderá reduzir a viagem de três horas para uma.


A China Railway (CR), espera que a linha seja a primeira ferrovia autônoma do mundo, monitorada pelo maquinista. As equipes de RC começaram a depurar o software que será executado nas estações e o monitoramento de dados em tempo real teve um bom desempenho até agora.

A ferrovia faz parte de um plano maior de CR para quase 3.000 milhas de novos trens de alta velocidade em 2019. Lu Dongfu, gerente geral da CR, disse à imprensa estatal que os trens de alta velocidade no país em breve excederão os 30.000 km de extensão. Esse crescimento, especialmente conectado a Pequim, faz parte do planejamento do país para os próximos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 .A CR diz que toda a linha será pontilhada com subestações baseadas em IA que monitorarão o status do trem e verificarão continuamente se há defeitos. A tecnologia também acontecerá na jornada do passageiro, com robôs guiando os passageiros em direção aos trens nas estações e até ajudando-os com a bagagem.

A China está de olho em trens cada vez mais rápidos. No início deste ano, a CR anunciou que estava construindo um protótipo que poderia chegar a 600 km/h. Mais rápido que um avião em suas rotas, a CR também espera que o protótipo funcione até 2021. Durante as Olimpíadas, a China quer que os turistas vejam fora da capital também, e sua expansão ferroviária pode tornar isso mais fácil do que nunca. Fonte: Popular Mechanics

sábado, 9 de novembro de 2019

Trens de alta velocidade em pátio de manutenção - China

A neve geralmente não é um problema para os trens de alta velocidade, eles possuem um verdadeiro aparato que os habilitam trafegar com extrema segurança com esse tipo de clima tão intenso e severo em alguns países mais frios cujo o inverno são mais castigados. 

Na foto abaixo trens de alta velocidade em parada temporária em uma estação de manutenção em Hefei, província de Anhui, leste da China. A neve interrompeu o transporte ferroviário em algumas áreas de Anhui. Alguns trens influenciados pela queda de neve costumam fazer parada técnica no pátio de manutenção que fica em Hefei para fornecer energia e proteção ao inverno. Fonte:  Xinhua/Guo Chen

domingo, 3 de novembro de 2019

China testou ferrovia que pode alcançar 500 km/h

A construtora de ferrovias chinesa CSR começou os primeiras testes de um trem que poderá alcançar velocidades superiores a 500 km/h, o que o transformará em um dos mais rápidos do mundo, informou a agência oficial "Xinhua". O trem experimental, com seis vagões e o mais novo da série de trens bala chineses CHR, tem uma potência de 22.800 quilowatts, mais do dobro dos que atualmente cobrem a linha de alta velocidade entre Pequim e Xangai, destacaram os engenheiros.


Ding Sansan, engenheiro chefe da companhia, detalhou que o modelo do novo trem é inspirado em uma espada antiga chinesa, e que a carroceria plástica do veículo será reforçada com fibra de carbono. A China é um dos países que mais está desenvolvendo a alta velocidade ferroviária, até o ponto de já ter a maior rede mundial (9.600 quilômetros) em apenas quatro anos desde a abertura da primeira linha deste tipo.


segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Rota Transiberiana

Um dos meios de transporte mais fascinantes do mundo se tornou ainda mais confortável e interessante. A grande viagem na Rota Transiberiana de Moscou a Pequim ou Pequim a Moscou é a realização de um grande sonho. Viaje com a Slavian Tours, operadora especializada em Rússia e Europa há mais de 20 anos, e desperte a sua vontade de viajar! Se preferir, entre em contato também por email, telefone ou pelo site: contato@slaviantours.com.br (21) 2547-8514 https://slaviantours.com/

1º Dia: Moscou

Jantar incluso. Transfer de chegada em Moscou, entre 10:00 e 16:00 (fora deste horário, contratar transfer privativo). À chegada no aeroporto, será recebido por um amistoso guia de viagem que o acompanhará ao hotel. Em nosso passeio panorâmico pela cidade iluminada poderá ver a fantástica iluminação noturna da capital russa. É fácil perceber que a Moscou atual não precisa temer uma comparação com metrópoles como Madrid e Paris. Em seguida, poderá passear com seu guia pela famosa Praça Vermelha. O programa inclui igualmente uma viagem de metrô com visita a duas estações de grande beleza. À noite, será servido um jantar. Hospedagem no InterContinental Tverskaya (ou similar) em Moscou.

2º Dia: Moscou

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. De manhã tem início um passeio panorâmico informativo por Moscou, incluindo a visita ao recinto do Kremlin e a suas imponentes catedrais do tempo dos Czares. Ao final do dia, os convidamos a entrar a bordo do trem privativo para dar início à partida. O vagão-restaurante é um espaço perfeito para encontros informais: trave conhecimento com seus companheiros de viagem e familiarize-se com seu trem privativo. Hospedagem a bordo do trem.

3º Dia: Kazan

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. De manhã chegará em Kazan, a capital dos Tártaros. Participará em uma visita guiada pelo Kremlin (Patrimônio Mundial da UNESCO), gozando de uma fantástica vista panorâmica sobre o Volga, outrora palco das relações agitadas entre tártaros, cossacos e russos. Ao final do dia o trem especial prossegue viagem para Oriente. Hospedagem a bordo do trem.

4º Dia: Yekaterinburgo

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Parada ao meio-dia em Yekaterimburgo, a capital histórica da região dos Montes Urais. Essa cidade é conhecida como o local do assassinato da família do Czar russo Nicolau II em 1918. Durante um breve passeio panorâmico pela cidade, poderá ver a Igreja do Sangue Derramado erigida em 2003, que é uma homenagem a esse acontecimento, e o fascinante centro da cidade que foi restaurado em 2009. De volta a bordo, a viagem continua através das vastas estepes da Sibéria Ocidental. Hospedagem a bordo do trem.

5º Dia: Novosibirsk

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Chegada em Novosibirsk, o coração da Sibéria, onde será recebido com pão e sal, de acordo com a tradição russa. Um breve passeio panorâmico lhe mostrará a cidade mais soviética da viagem. Você observará o imponente monumento do Transiberiano e o colossal rio Ob. Hospedagem a bordo do trem.

6º Dia: Atravessando a Sibéria

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. O trem prossegue viagem, passando sobre o grande Rio Ienissei e atravessando a Sibéria. Os chefs do restaurante do trem voltam a mostrar suas capacidades com um “Banquete dos Czares” repleto de iguarias. Desfrute da degustação de caviar e vodca com divertidos brindes, ao mesmo tempo que aprecia a hospitalidade russa. Pelo caminho, as imponentes paisagens montanhosas são agraciadas pelas típicas aldeias de casas de madeira, pelos bosques de bétulas e, se tivermos sorte, por abundantes raios de sol. Desfrute de um dia relaxante e se prepare para a parada seguinte! Hospedagem a bordo do trem.

7º Dia: Irkutsk

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Hoje o trem entra na estação de Irkutsk que, no tempo dos Czares, foi a capital da Sibéria Oriental. Durante o passeio panorâmico pela cidade, poderá ver, entre outros, as pitorescas casas de madeira siberianas e o novo monumento em homenagem ao Czar, que foi erguido em 2003 onde antes ficava o Obelisco Transiberiano. Após o almoço, haverá uma excursão a um museu ao ar livre sobre a vida e o trabalho na Sibéria histórica. Hospedagem em Irkutsk.

8º Dia: Lago Baikal

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Hoje viajará de ônibus para Listwjanka, uma aldeia siberiana nas margens do Lago Baikal, o maior reservatório de água doce não-congelada do mundo. Daí, um barco transportá-lo-á através das águas profundas do Lago Baikal para o porto de Baikal, onde seu trem privativo já estará aguardando. A viagem continuará durante várias horas pela rota original do Transiberiano junto às margens do Lago Baikal. Seu trem fará uma parada de várias horas em um local especialmente belo, permitindo desfrutar da majestosa tranquilidade deste milagre ímpar da Natureza. Se o tempo estiver bom, o jantar será transformado em um agradável piquenique nas margens do Lago Baikal. Hospedagem a bordo do trem.

9º Dia: Ulan Ude

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. A viagem retoma o trajeto na margem do aparentemente interminável Lago Baikal e, em seguida, o levará pelo esplendoroso Vale do Selenga e prosseguirá pelas solitárias e selvagens estepes montanhosas da Sibéria Oriental. Parada a meio caminho em Ulan Ude para um passeio panorâmico. Até mesmo as formalidades para atravessar a fronteira russa-mongol não interferem com seu descanso: é tudo tratado no trem, sem complicações. Hospedagem a bordo do trem.

10º Dia: Ulan Bator

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Os madrugadores podem avistar paisagens naturais magníficas na região central da Mongólia: os acampamentos coloridos de Yurts e os cavalos e cavaleiros isolados povoam a idílica paisagem montanhosa. De manhã, chegada em Ulan Bator, capital da Mongólia. Sua bagagem pode ficar no trem, como habitualmente. No decorrer do passeio panorâmico, poderá ver, entre outros, o imponente mosteiro budista de Gandan e o excêntrico Templo do Lama Choijin. Em seguida, terá a oportunidade única de assistir a uma demonstração do folclore mongol tradicional com cantos guturais mongóis, violinos de duas cordas, trajos nacionais e danças (ingresso de aprox. 15 €, pago no local). Hospedagem em Ulan Bator.

Se pedido, podemos organizar alojamento alternativo em um yurt local na bela paisagem dos Alpes Mongóis. Essa é uma experiência rara e um sonho para amantes da natureza.

11º Dia: Ulan Bator e os Alpes Mongóis

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Após o café da manhã, se segue uma viagem de ônibus para o Parque Nacional Terelj a leste de Ulan Bator. Aqui pode ver os incomparáveis acampamentos de tendas dos nômadas criadores de gado, manadas de cavalos e peludos iaques (bovinos selvagens tibetanos). Será ainda realizada uma breve demonstração de equitação mongol especialmente para você. Este deslumbrante cenário será palco de um piquenique à hora de almoço. À noite o trem privativo prosseguirá viagem em direção à China. Hospedagem a bordo do trem.

12º Dia: Deserto de Gobi

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. Por volta da hora de almoço, chegada na fronteira mongol-chinesa, onde seu trem privativo chinês já estará aguardando por você. Devido às diferenças da largura da via, o trem privativo russo não pode circular até Pequim. Seu trem chegará à capital da China daí a aproximadamente 16 horas. O trem chinês não possui vagões das categorias Nostalgic Comfort, Bolshoi e Bolshoi Platinum. Hospedagem a bordo do trem

13º Dia: Pequim

Café da manhã e almoço inclusos. Chegada a Pequim durante a manhã. Após o traslado para o hotel, terá o resto do dia por sua conta. Hospedagem em Pequim.

14º Dia: Pequim

Café da manhã e almoço inclusos. Um passeio panorâmico com a duração de várias horas lhe mostrará os locais mais belos e importantes da cidade: o fotogênico Templo do Céu com o respetivo parque, a gigantesca Praça da Paz Celestial e as proezas arquitetônicas contemporâneas, como p. ex. o novo Estádio Olímpico que ficou conhecido como Ninho de Pássaro, bem como alguns arranha-céus futuristas. À tarde, poderá espreitar por detrás dos portões da Cidade Proibida, do antigo Palácio Imperial, com inúmeros templos e salões. Hospedagem em Pequim.

15º Dia: Pequim

Café da manhã, almoço e jantar inclusos. A excursão do dia de hoje o levará até à Grande Muralha, a oitava maravilha do mundo. A gigantesca muralha se estende por mais de 6000 km. Pelo caminho, visita a uma fazenda de cultivo de pérolas e às tumbas Ming, a última morada para treze imperadores da dinastia Ming, com a impressionante Avenida dos Animais. À noite, desfrutará do mundialmente famoso Pato à Pequim no jantar de despedida. Hospedagem em Pequim.

16º Dia: Pequim

Café da manhã inclusos. O traslado para o aeroporto se realiza após o café da manhã. Final desta maravilhosa e inesquecível experiência pela Rota Transiberiana. (Transfer de saída em Pequim entre 10h e 14h - fora deste horário, contratar transfer privativo) Fonte: Slaviantours

Automotriz de Grande Velocidade - AGV Alstom

O AGV Automotriz de Grande Velocidade, combina a filosofia de design bem estabelecida do TGV e trinta anos de experiência tecnológica em trens de alta velocidade com inovadora inovação, composições articuladas, energia distribuída, motores de ímã permanente, de travagem com recuperação de energia eletrodinâmica. Ele pode ser operado em velocidades de até 360 km/h em total segurança.

O AGV tem carros com maior conforto e maiores janelas no mercado. Um cuidado especial foi tomado para manter o ruído mais baixo possível. O sistema de aquecimento, ventilação e ar condicionado (HVAC) é projetado para oferecer o melhor conforto climático. AGV é totalmente compatível com as ETI para pessoas com mobilidade reduzida. Fonte: Alstom

Atinge até 360 km/h