sábado, 14 de setembro de 2019

Trem ligará em apenas 3 horas e 40 minutos para Santiago

Os seis novos trens atingirão velocidades de 160 quilômetros por hora e apresentarão inovações tecnológicas como Wi-Fi, tomadas e portas USB, CFTV, ar condicionado, entre outras. 

O presidente Sebastián Piñera anunciou um novo serviço ferroviário de passageiros que ligará Chillán a Santiago e que integrará trens de alto padrão que reduzirão o tempo de viagem entre as duas capitais regionais em até 2 horas e 40 minutos.


Segundo o presidente, nas próximas duas semanas o processo internacional de licitação pública deve ser iniciado para a compra de seis novos trens de última geração que, juntamente com vários investimentos em infraestrutura, permitirão "o trem mais moderno da América do Sul".

Conforme explicado por Piñera, o trem incluirá duas modalidades inter-regionais: um serviço regular que terá 12 estações e um tempo de viagem de quatro horas; e um serviço expresso com prisões em cinco estações e que levará apenas três horas e 40 minutos de viagem. Fonte: LT



terça-feira, 10 de setembro de 2019

Novo Alstom Avelia

A operadora americana Amtrak apresentou, juntamente com a Alstom, o novo Acela Express, a nova geração de seus trens de alta velocidade que entrará em serviço em 2021, especificamente entre Washington e Boston.


Cada trem terá 378 assentos, quase 25% a mais do que seus antecessores, e oferecerá mais espaço e maior conforto aos clientes. Além disso, os assentos serão equipados com tomadas elétricas individuais, portas USB e luzes de leitura individuais ajustáveis ​. Eles também terão um sistema de informações a bordo que fornecerá informações em tempo real, como localização, velocidade do trem, anúncios e avisos da tripulação.


A decoração interior dos carros foi especialmente cuidada para favorecer o conforto e a segurança dos viajantes. As janelas serão fornecidas com persianas, os espaços para bagagens serão abertos e aerodinâmicos, os carros terão barras para favorecer a estabilidade dos movimentos internos e mais espaço para as pernas e os pés.


Pessoas com deficiência terão maior acessibilidade com espaços para cadeiras de rodas. Para facilitar o acesso a esses locais, a Amtrak implementará um sistema para reserva antecipada de assentos. Cada composição será composta por nove carros da "Classe Acela" com 49 ou 59 assentos que substituirão a "Classe Executiva" das unidades antigas, um carro de primeira classe com 44 assentos e um carro de lanchonete.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Napoli Afragola

Pensada para servir como uma ponte pública urbanizada, com projeto assinado por Zaha Hadid, o serviço ferroviário de alta velocidade conectará as cidades de Bari e Reggio Aalabria com o norte da Itália e com a Europa e permitirá acesso aos portos do sul (Gioia Tauro, Taranto, Bari, Brindisi, Palermo e Augusta). “A nova estação em Afragola é a base do programa de infraestrutura que promove o desenvolvimento econômico no sul”, explicou Paolo Gentiloni, primeiro-ministro italiano, conforme publicado pelo Designboom.


Na construção, as curvas características do trabalho da arquiteta iraniana e a tecnologia dos materiais se destacam. O concreto, por exemplo, tem uma composição específica que permite um desempenho otimizado. Embaixo dessa camada, a estrutura foi feita com unidades de aço pré-fabricado e forma criada com modelos de poliestireno fresado com CNC. Fonte: Mariana Bruno





sábado, 7 de setembro de 2019

Trem percorre 30 km em 7 minutos - 431 km/h

No vídeo abaixo mostra um trem de levitação magnética ou Maglev (Magnetic levitation transport), que faz a ligação de Shanghai até o aeroporto, o trem faz um trajeto que vai da estação Longyang Road em Pudong até o Aeroporto Internacional de Pudong - Shanghai, em um percurso de aproximadamente 30 km. Em uma linha adicional, linhas separadas, facilitam a manutenção do Maglev.


O trem leva 7 minutos e 20 segundos para fazer o percurso, a uma velocidade de 431 km/h. é um trem que transita em uma linha elevada sobre o chão e é propulsionado pelas forças atrativas e repulsivas do magnetismo através do uso de super condutores. Devido à falta de contato entre o veículo e a linha, a única fricção que existe, é entre o aparelho e o ar. Por consequência, os trens de levitação magnética conseguem atingir velocidades enormes, com relativo baixo consumo de energia e pouco ruído, sua velocidade em operação chega até 430 km/h ou mais. Fonte: Transrapid/Vídeo SCI



sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Alfa-X em Testes Operacionais

O Japão começou a testar julho/agosto deste ano trem de alta velocidade mais rápido do mundo. Ele é capaz de alcançar velocidades de até 400 km/h, e a expectativa é de que entre em serviço em 2030. Apesar da rapidez, o chamado Alfa-X deve operar a 360 km/h, de acordo com a empresa ferroviária JR East. Mesmo assim, ele ainda seria 10 km/h mais veloz que o chinês Fuxing Hao, que liga as cidades de Pequim e Xangai e atualmente ostenta o título de trem-bala mais rápido do mundo.


Para lidar com a enorme resistência do vento ao entrar nos túneis, o primeiro carro do Alfa-X contará com um "nariz" longo e pontiagudo que mede 22 metros. Ao todo, o trem será composto por 10 vagões.

Os testes do Alfa-X estão sendo realizados entre as cidades de Aomori e Sendai depois da meia-noite, quando a linha está fechada para operação comercial. Os experimentos serão conduzidos por três anos.

Os trens-bala fizeram sua estreia no Japão durante as Olimpíadas de Tóquio em 1964 e se tornaram um símbolo para o país, onde são vistos até como uma alternativa ao transporte aéreo.


Embora o Alfa-X possa vir a ser o trem mais rápido do mundo, ele pode acabar destronado antes mesmo de entrar em serviço. Isso porque a nova linha maglev está sendo construída para 2027 e promete alcançar uma velocidade máxima de 505 km/h. O trem reduziria o tempo de viagem entre as cidades de Tóquio e Nagoya de 110 minutos para 40 minutos. Fonte: Stuff/Thaís Augusto