quinta-feira, 27 de março de 2014

Trem de Alta Velocidade no Brasil, processo será acelerado em 2014 - TAV Brasil

A licitação do trem-bala, que prevê a concessão do direito de exploração dos serviços por 40 anos e a escolha da tecnologia a ser implantada, já foi adiada em duas oportunidades. Na primeira, em julho de 2011, o processo não contou com nenhuma empresa interessada. Depois, em agosto do ano passado, o leilão teve apenas uma concorrente a Alstom.

O Governo pretende acelerar o processo nos próximos meses. Está prevista para a segunda fase da licitação a contratação da empresa responsável pela infraestrutura do projeto. No total, a implantação do trem-bala deverá custar R$ 35,6 bilhões. A intenção é ligar as cidades de Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro, mas o trajeto original ainda pode sofrer alterações. O trem chegaria a uma velocidade de 320 km/h, transportando mais de 30 milhões de passageiros por ano, segundo as estimativas. Fonte: Estado de São Paulo.