quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Trens de Alta Velocidade - Cádiz

Cádiz é uma cidade espanhola de grande prestígio e reconhecimento internacional. Será conectada de Sevilha e Madrid e, a partir daí, a todos os novos serviços ferroviários nacional articulado, estendendo rapidamente em toda a península.

São 157 quilômetros de (bitola ibérica e internacional) via dupla e pelo qual os trens vão funcionar em velocidades de até 250 km/h e 300 km/h de Sevilha. Fonte: Cadizeconomic


Estação South Bay San Fernando

Falar da história da cidade de Cádis pode-nos levar a um sem fim de palavras, pois, por exemplo, a "Tacita de Plata", é considerada a cidade mais antiga do Ocidente.

Desde a fundação de Cádis até aos dias de hoje, ocorreram muitos acontecimentos históricos, muitos com grande relevência.

Foram encontrados vestígios de artefactos do período calcolítico, o que evidencia a ocupação humana desta zona desde a pré-história. A cidade de Cádis foi fundada pelos Fenícios cerca do ano de 1100 a.C., sob o nome de Gadir. Devido ao carácter mercantil desta civilização, estes procuravam sempre locais costeiros como pequenas ilhas, com localização estratégica. Gadir converteu-se num importante porto mercantil dedicado ao comércio de matérias primas como o estanho, a prata ou o âmbar.

A cidade alcançou uma grande prosperidade no período romano. Não foi em vão que Júlio César lhe concedeu o título de civitas federata no Senado romano. Os seus habitantes obtiveram a cidadania romana. Outra prova dessa prosperidade é o legado romano que ficou tanto na cidade como em toda a Província. Gades, nome que os romanos deram à cidade, é citada em muitos escritos da época. Em muitos destes há referências ao templo de Melkart-Hercules, que tinha uma grande importância na antiguidade. Desse período ainda podemos encontrar alguns vestígios, como o teatro romano que se encontra no Bairro do Pópulo. Na última fase do Império Romano começou a decadência da cidade, que continuou até ao final da Idade Média.