quinta-feira, 16 de abril de 2020

China retoma construção do primeiro túnel ferroviário de alta velocidade

A China retomou a construção de seu primeiro túnel ferroviário submarino de alta velocidade, com os trabalhadores reiniciando a sessão de perfuração sob o mar em meio à batalha contra o surto do coronavírus.


Como parte da ferrovia que liga Ningbo e a cidade insular de Zhoushan, na Província de Zhejiang, leste da China, a passagem subaquática foi projetada para ter um comprimento de 16,2 quilômetros e uma profundidade máxima de 78 metros.

Para evitar riscos do surto, a Administração de Segurança Marítima de Ningbo realizou uma avaliação técnica online em 25 de fevereiro para fazer a preparação para a retomada da construção.

"A retomada veio muito antes do que esperávamos", disse Shi Chao, gerente do projeto de perfuração, enfatizando que a solicitação de licenças e entrada de portos e o recrutamento online economizou tempo e garantiu um progresso constante na construção.

O projeto ferroviário tornará Zhoushan acessível via trem e espera-se que facilite a integração do Delta do Rio Yangtzé.

A extensão da malha ferroviária chinesa em serviço ultrapassou 139.000 quilômetros, incluindo 35.000 quilômetros de alta velocidade, ficando em primeiro lugar no mundo. Zhejiang está entre as primeiras províncias do país a construir linhas de alta velocidade. Fonte: Xinhua Net