quarta-feira, 29 de julho de 2015

CP e Renfe querem reduzir 5 horas nas viagens de trens entre Lisboa e Madrid

O tempo da ligação ferroviária entre as duas capitais ibéricas vai diminuir para a metade, os presidentes da CP, Manuel Queiró, e da Renfe, Pablo Vázquez Vega, assumiram este compromisso em Lisboa, na sexta-feira passada. Este projeto deverá ser concretizado com urgência.


Reunidos em Lisboa no âmbito do encontro anual dos presidentes das empresas ferroviárias europeias, os responsáveis da CP e da Renfe comprometeram-se a realizar todas as formalidades necessárias à concretização deste projeto no prazo mais curto possível. Fonte: Expresso Portugal

terça-feira, 28 de julho de 2015

Trem de Alta Velocidade Shinkansen Série 500

Trem de alta velocidade japonês Shinkansen série 500, opera desde 1997 na linha Tokaido entre Tóquio e Hakata (Fukuoka), serviço Nozomi, e na linha de San-yo entre Shin-Osaka e Hakata - Serviço de Kodama desde 2009. O japão opera trens de alta velocidade desde 1964. No Japão a média de atraso anual nos trens de alta velocidade são de alguns segundos. Fonte: JR

sábado, 25 de julho de 2015

Região do extremo oeste de Xinjiang - China

A linha, a primeira ferrovia de alta velocidade no noroeste remoto e pobre da China, estende-se através da alta altitude cordilheira de Qilian, uma seção antiga da Grande Muralha e cinco zonas de vento forte, reduzindo o tempo de viagem entre as duas cidades pela metade, para menos de 12 horas. Fonte: CCTV.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Mais antiga linha de alta velocidade na Europa

A linha de alta velocidade a partir de Paris a Lyon é a mais antiga da Europa, que remonta à 1981. Durante os anos seguintes a linha foi continuando a se estender para o Mediterrâneo até chegar a Marselha em 2001. Trens TGV's frequentes conectam a Paris com a segunda e terceira maior cidade da França, levando apenas cerca de duas horas para Lyon e em cerca de três horas para Marselha chegando até 320 kmh. No entanto, se você prefere viajar da forma tradicional, você também pode ir com os trens regionais ao longo da rota original do PLM (Paris Lyon Mediterranne). Fonte: Rail CC

domingo, 19 de julho de 2015

Trem de Alta Velocidade - KTX

Com a abertura histórica do trilho expresso em abril de 2004, a Coreia juntou-se à liga de França, Japão, Alemanha e Espanha, e entrou na era do trem de altíssima velocidade, operando a uma velocidade de 300 quilômetros por hora. A abertura do trilho expresso, que tem sido referido como o maior projeto de política nacional desde a fundação nacional, houve grandes mudanças para a vida dos coreanos, permitindo-lhes chegar a qualquer lugar do país dentro de três horas, mas vai também têm uma enorme influência sobre os aspectos econômicos, sociais e culturais do país. Rápido, seguro, conveniente e ambientalmente amigável, o trilho expresso é um produto da mais recente tecnologia e assegurará a sua posição como o método mais recente e de transporte preferido para a próxima geração. Fonte: KTX

quarta-feira, 15 de julho de 2015

AGV da Alstom

O AGV da Alstom é o primeiro trem de altíssima velocidade a ser totalmente projetado para um mercado internacional, embora tendo plenamente em conta as preocupações ambientais. Pode ser operado em velocidades de até 360 km/h em total segurança. O AGV é o trem mais econômico de alta velocidade no mercado em termos de consumo de energia e custos de manutenção. A sigla AGV quer dizer em português Automotriz de Grande Velocidade. Fonte: Alstom

sábado, 11 de julho de 2015

Hayabusa E5 - Japão

Uma nova geração de trens de alta velocidade japonês, que foi colocado em operação comercial em março de 2011. O trem é operado pela East Japan Railway Company (JR East). Entre Tohoku Shinkansen, uma linha de alta velocidade que liga japonesa Tokyo com Aomori, a JR East fez uma encomenda de uma frota de 59 conjuntos de dez carros da série E5 para entrega a partir de março 2011. Embora o trem poderia atingir uma velocidade de até 400 km/h durante testes, sua velocidade máxima foi fixada para 320 km/h.


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Estação Central - Amsterdam

A Estação Central de Amsterdam foi aberta em 1889. A maior parte do complexo foi desenhada pelo arquiteto Pierre Cuypers e pelo arquiteto e engenheiro Dolf van Gendt.Assim como muitos outros prédios de Amsterdam, a Estação Central foi construída inicialmente sobre estacas de madeira, o que, inicialmente, causou afundamento. Mais de um século mais tarde, é uma das estações mais movimentadas e confiáveis da Holanda, com cerca de 300.000 viajantes por dia. Fonte: DB


Estação Alicante - Espanha

Alicante tem muitos lugares para se descobrir e apreciar os prazeres. Seu porto é sem dúvida uma de suas atrações.Andar no calçadão, atravessar a Esplanade de Espanha. Esta caminhada é uma das partes mais típicas da cidade, com a sua pavimentação de mármore multicolorido, quatro fileiras de palmeiras, que nos trazem ecos de sua herança árabe. Presidindo o porto no Monte Benacantil é o Castillo de Santa Barbara, em frente à Playa del Postiguet. Fonte: Renfe


domingo, 5 de julho de 2015

Estação Barcelona Sants - Espanha

A estação Barcelona Sants é a estação ferroviária mais movimentada de Barcelona. É a principal estação ferroviária nacional e de conexões ferroviárias internacionais. A Barcelona Sants está localizada no oeste da cidade de Barcelona e pode ser facilmente acessada de ônibus, táxis ou metrô.

A equipe da estação fala Inglês. A estação Barcelona Sants oferece as seguintes facilidades: agência de turismo, caixas eletrônicos (ATM), uma farmácia, uma banca de jornal grande (Tabac), diversas lojas de presentes, uma loja do clube Barcelona FC e uma grande cafeteria. Fonte:Rail Europe

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Primeiro TGV Marroquino Desembarca de Navio

Como parte do projeto de construção da linha de alta velocidade Tânger / Casablanca, a ONCF adquiriu os primeiros 12 trens de alta velocidade. A construção destes trens já atingiu um estágio avançado, também o primeiro trem chegou em Marrocos em 29 de junho.


Em conformidade com o processo de aquisição após a remontagem, o trem vai passar por uma série de testes estáticos e dinâmicos, auditorias e atualizações a qualquer ponto. Para este fim, ele vai primeiro ser colocado em prática na rede convencional existente, a partir do último trimestre do ano em curso, e em seguida a linha de alta velocidade.

Vale a pena notar que o trabalho nesta linha está avançando em um ritmo muito rápido depois de resolver todas as restrições do projeto. Em paralelo, o trabalho do equipamento ferroviário (via, catenária, sinalização, GSM-Rail), será iniciado a partir do final de 2015.

A linha de alta velocidade inteira será entregue em 2017, após se submeter a uma série de testes de integração de sistemas e aprovação antes da operação comercial. Fonte: ONCF Foto: Railway Gazette
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...